Somos assim: somos o que pensamos, o que sentimos...e somos acima de tudo, aquilo em que acreditamos!
Nossos ídolos são nossos espelhos...refletem nossa alma, e nos levam ao encontro de nossos desejos, nossos sonhos, nossas fantasias, nosso eu mais profundo...e nos tornam muitas vezes mais fortes, porque acreditamos neles!
Somos assim: sedentos por nos apaixonar, por acreditar, por nos sentir vivos...e é isso que nos torna seres tão incrivelmente sedutores e apaixonantes!

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Hoje a receitinha é simples, e com gostinho de saudades...
Muitas pessoas conhecem essa, com outro nome, na verdade, o que importa aqui, não é o nome, nem a receita em si, que pode variar de acordo com a disponibilidade de certos elementos.Mas o significado, e alguns momentos que marcam nossa vida.Pode ser um soborô, ou um restodontê...ou simplesmente uma...

MINESTRA
Ingredientes:

o resto do arroz do almoço
o resto do feijão
aquela carne que é pouquinha, e não dá um pedaço prá cada um, desfiadinha, que é prá render(se não tiver a carne, não faz falta)
pode-se fritar um ovo,colocar o restinho do macarrão, ou uma verdura refogada...
O feijão tem que ser bem fritinho, depois se mistura todos os outros ingredientes...
Nas minhas lembranças, era tudo misturado numa panela de ferro, pesada e pretinha...um tiquinho de pimenta, prá dar um gostinho especial, a mãe, com a panela no colo, e um pano embaixo, prá não sujar a roupa, nem se queimar...uma colher, e os bocados de boca em boca...de todos os ingredientes, o melhor e insubstituível era o carinho e o amor, que nos unia em torno daquela panela. Tinha gostinho de quero mais.A receita passou aos netos...hoje, meu filho faz a MINESTRA...mesmo que não tenha resto, que esteja tudo fresquinho, e que haja fartura...esse gosto não tem igual.

4 comentários:

BLOG DO ZÉ ROBERTO disse...

Hummmmmmm Esse prato aqui a gente conhece como Rést-to-donté, ou comida francesa do dia anterior. Me deu fome de novo. Hummmmmmm

Dani(ela) disse...

a minha mãe colocava o prato das duas aqui de casa. mas no dengo a gente só queria comer da seguinte forma: ela pegava um bocadinho de tudo que tinha no prato, fazia um bolinho redondinho e dava na boca pra uma e pra outra. e pra ficar mais gostoso ela melava a mão na manteiga na hora de fazer cada bolinha.

ai que saudade que deu!!

bjo frô. se cuida e tô na torcida!!

Camiseta Personalizada disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Se você quiser linkar meu blog no seu eu ficaria agradecido, até mais e sucesso.(If you speak English can see the version in English of the Camiseta Personalizada.If he will be possible add my blog in your blogroll I thankful, bye friend).

Anônimo disse...

bom comeco